Avaliação de 16 genótipos de Coffea canephora em Rondônia

Estudo da diversidade genética de 16 genótipos de Coffea canephora. Está implantada em área de agricultor parceiro, no município de Alta Floresta D’Oeste, Rondônia. A lavoura foi implantada em 2019. Os dados a serem obtidos farão parte de pelo menos uma tese de doutorado (Raquel Schmidt) e outras com estudantes a serem definidos. Serão avaliadas diversas características da planta.

A pesquisa busca identificar a divergência genética dos genótipos: avaliações da biometria e fisiologia das folhas e avaliações do desenvolvimento vegetativo e capacidade produtiva de cada genótipo. Ao final, espera-se obter informações suficientes para selecionar os indivíduos superiores dentro dos critérios de seleção de programas de melhoramento genético, como capacidade de adaptação e produção para o Estado de Rondônia.

O trabalho tem o apoio financeiro do agricultor, e da Fapes, Capes e CNPq.